Escócia: Governo prepara funcionários para segundo referendo sobre a independência

Segundo o jornal escocês The Courier, a primeira-ministra britânica já prepara estratégia para enfrentar um novo pedido de referendo escocês.

Foto
Reuters/CLODAGH KILCOYNE

Os funcionários do Governo escocês foram avisados para se prepararem para um segundo referendo sobre a independência, através de uma nota escrita onde se diz que a primeira-ministra, Nicola Sturgeon, está pronta a exigir o direito legal para outro voto constitucional, noticia o jornal escocês The Courier.

O mesmo jornal diz que Theresa May, primeira-ministra britânica, já começou secretamente a trabalhar numa estratégia para enfrentar uma possível exigência de Sturgeon para um segundo referendo de independência em Agosto de 2018, possibilidade que tem ganho força desde o referendo que deu a vitória ao “Brexit” no Reino Unido.

Segundo a Reuters, as últimas sondagens ainda dão uma ligeira vantagem (51%) aos opositores da independência da Escócia em relação ao Reino Unido, mas o número tem sofrido uma diminuição quase constante. No primeiro referendo sobre a matéria, em 2014, 55% dos escoceses escolheram permanecer no Reino Unido.

Sugerir correcção