Beckham chantageado com emails recusou pagar um milhão

A estrela do futebol recusou-se a pagar um milhão de libras para que os e-mails sobre a possível condecoração de cavaleiro fossem apagados.

O embaixador da Boa Vontade da UNICEF teve os seus e-mails pessoais divulgados
Foto
O embaixador da Boa Vontade da UNICEF teve os seus e-mails pessoais divulgados Reuters/TYRONE SIU

A agência que representa David Beckham recusou-se a pagar um milhão de libras (pouco mais que um milhão de euros) para impedir que um grupo de hackers divulgasse e-mails privados trocados entre a estrela de futebol britânica e o seu representante. Nesses e-mails, falavam sobre a condecoração de cavaleiro que não lhe foi atribuída, sendo que a resposta de Beckham a outras distinções foi “a menos que seja o grau de cavaleiro, f***m-se”.

De acordo com o Telegraph, acredita-se que os hackers tenham usado servidores russos para acederem a milhares de e-mails e documentos do sistema da agência de Simon Oliveira, a Doyen Global. Doyen Sports é um braço da Doyen Global e gere a imagem e a carreira de desportistas, sendo a responsável pela comunicação de Beckham. As investigações sobre o caso também estão a decorrer em Portugal, onde a empresa tem um escritório, e já duram há mais de um ano.

Os e-mails, que agora são públicos, mostram conversas entre Beckham e o seu representante onde o ex-capitão da selecção de futebol britânica dizia que podiam usar o seu trabalho de caridade para a campanha que o levaria a ser condecorado como cavaleiro. As conversas mostram que chamou “c**** ingratos” ao comité responsável pela atribuição das condecorações depois de não lhe terem atribuído esse grau, em 2013.

Alegadamente, terá recusado outros prémios e distinções com a frase “a menos que seja o grau de cavaleiro, f***m-se”.

O Daily Mail escreveu que Beckham chegou a estar na lista das Condecorações de Ano Novo de 2014, mas que o Departamento de Impostos e Alfândega do Reino Unido retirou a sua nomeação pelo seu alegado envolvimento num sistema de fraude fiscal.  

O ex-futebolista, que recebeu a distinção de Comandante da Ordem do Império Britânico em 2003, acrescentou ainda que “é uma desgraça. Para ser honesto, se fosse americano, já tinha recebido essa distinção há 10 anos”.

Um porta-voz de Beckham disse à Newsbeat que a “história está baseada em material antigo e retirado do contexto”, e acrescenta que os e-mails foram “hackeados”, “alterados” e que são “privados”. Acrescentou que o material dá uma imagem de Beckham “deliberadamente pouco precisa”.

De acordo com o Daily Mirror, a equipa de Beckham não colaborou com os hackers e avisou a polícia. “Eles abordaram-nos por e-mail e tentaram encontrar-se connosco através de terceiros”, explicou o porta-voz. O hacker, que utilizou o nome falso Artem Lovuzov, terá alegadamente contactado o director-executivo da Doyen Sports, Nélio Lucas, e proposto “uma doação generosa” em troca da destruição total dos e-mails comprometedores. Quando não obteve resposta, o hacker insistiu e determinou um prazo. Escreveu que tinham até às “16h de terça-feira” para contactarem o seu advogado “com uma solução viável para este impasse”.

David Beckham é o embaixador para a Boa Vontade da Unicef desde 2005. A instituição veio defender o ex-jogador, num comunicado publicado no seu site. Escolheu não comentar o conteúdo dos e-mails porque não os viu e não sabe do que se tratam. Descreveu Beckham como alguém que tem “generosamente dado o seu tempo, energia e apoio, para consciencializar para o trabalho da Unicef com crianças e ajudar a arrecadar fundos”. Acrescenta que “David deu fundos pessoais” e que ajudou a “enfrentar questões como a má-nutrição, violência, SIDA e emergências”.

A cantora Katherine Jenkins, criticada por David Beckham por lhe ter sido atribuída a distinção de Comandante da Ordem do Império Britânico em 2014, respondeu ao comentário do ex-jogador (que classificava a atribuição da distinção como “uma piada do c*******”), através do seu manager, Jonathan Shalit.

On this day 59 years ago The Busby Babes played their final match ?????? @manchesterunited

Uma foto publicada por David Beckham (@davidbeckham) a

Em declarações ao Sun, o manager disse quea  cantora recebeu o prémio “pelos seus serviços na música e na caridade”. Lembrou também que a artista cantou para “presidentes e realeza” incluindo uma performance na Catedral de Westminster, “em honra do jubileu de prata do Papa João Paulo II”.

Beckham ainda não usou as redes sociais para se pronunciar sobre o assunto. No domingo, o ex-futebolista usou o Instagram para publicar uma imagem dos Busby Babes, uma equipa do Manchester United que morreu num acidente de aviação em Munique, em 1958.