Cinco anos depois, Apple volta a liderar as vendas de smartphones

Subida de vendas no último trimestre do ano passado surpreendeu analistas.

Foto
As vendas do iPhone 7 esttveram em alta Reuters/LUCY NICHOLSON

A Apple foi a líder nas vendas mundiais de smartphones pela primeira vez em cinco anos, batendo a rival Samsung. Impulsionada pelo sucesso do modelo iPhone, que atingiu os 78,29 milhões de unidades vendidas no último trimestre do ano, a empresa norte-americana obteve receitas de 78.400 milhões de dólares (73 mil milhões de euros), acima das expectativas dos analistas.

As vendas dos iPhones aumentaram quatro milhões face ao mesmo trimestre do ano anterior. Tim Cook, presidente da-executivo da empresa, destacou as vendas do iPhone 7, e particularmente do iPhone 7 Plus, embora sem detalhar números.

Os lucros da empresa, no entanto, caíram 2,5% para 17.900 milhões de dólares (16.700 milhões de euros), o que significa que a Apple gastou mais na produção e promoção dos seus produtos.

A Samsung vendeu 77,5 milhões de smartphones no último trimestre do ano, segundo a empresa Strategy Analytics, o que coloca a Apple à frente da Samsung pela primeira vez desde o último trimestre de 2011.

Esta subida da Apple surge numa altura em que a procura mundial de smartphones está a abrandar e em que a empresa americana enfrenta a forte concorrência de modelos Android mais baratos.

A Apple terá, naturalmente, beneficiado dos problemas da Samsung, que foi obrigada a retirar do mercado o Galaxy Note 7, devido a problemas nas baterias.