Trump quer reduzir papel dos EUA na ONU

Foto
O Presidente dos EUA mostra uma ordem executiva acabada de assinar Kevin Lamarque/REUTERS

A Administração Trump está a preparar um decreto para reduzir drasticamente ao papel dos EUA nas Nações Unidas e retirar o país de tratados multilaterais internacionais, noticia o New York Times.

A proposta é de retirar o financiamento a qualquer agência das Nações Unidas - ou organização internacional - que por exemplo aceite a Autoridade Palestiniana como membro de pleno direito, ou apoie programas que sirvam para dar a volta às sanções económicas conta o Irão e a Coreia do Norte. Em troca, é prometido um aumento de 40% no financiamento que sobrar para outras agências da ONU ou organizações internacionais.

Em causa estão organizações como o Tribunal Penal Internacional, ajuda ao desenvolvimento em "países que se opõem a importantes políticas dos Estados Unidos, "missões de manutenção da paz" e o Fundo das Nações Unidas para a População..

Outro decreto, vista pela agência Reuters, dá ordem ao Pentágono e ao Departamento de Estado para desenvolverem um plano para criar zonas seguras para civis dentro da Síria - algo que corresponde a um desejo há muito veiculado pela Turquia. São dados 90 dias a estes dois departamentos do Governo americano para criar um plano para instalar deslocados sírios, enquanto aguardam a recolocação definitiva, seja num outro país, ou no interior da Síria, diz o documento, citado também pelo New York Times.