Estátua de Messi vandalizada em Buenos Aires

Fotogaleria
A estátua vandalizada Reuters/MARCOS BRINDICCI
Fotogaleria
A estátua após a inauguração Reuters/MARCOS BRINDICCI

Apenas ficaram as pernas e a bola. Uma estátua de Lionel Messi, em Buenos Aires, foi vandalizada, ficando com a cabeça, braços e busto destruídos.

A autarquia da capital argentina deu a notícia num comunicado em que revela estar já a trabalhar para a reparação desta estátua, que foi inaugurada em Junho do ano passado.

Não se conhecem os motivos nem os autores do acto de vandalismo, mas esta não é a primeira vez que são vandalizadas estátuas naquele local.

A estátua de Messi foi colocada no Paseo de la Gloria, onde são homenageados outros nomes do desporto argentino, como os tenistas Gabriela Sabatini e Guillermo Vilas, o basquetebolista Emanuel Ginóbili, o pentacampeão de Fórmula 1 Juan Manuel Fangio ou a hoquista Luciana Aymar.

Segundo o jornal La Nación, a raqueta da estátua de Sabatini foi roubada poucas semanas depois da inauguração.