PJ da Guarda deteve suspeito de abusar sexualmente de menino de quatro anos

O homem já teria sido indiciado por outros casos de abuso sexual, segundo um comunicado do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda.

O homem terá ficado sujeito à medida de coacção de termo de identidade e residência.
Foto
O homem terá ficado sujeito à medida de coacção de termo de identidade e residência. fau fabio augusto/ arquivo

A Polícia Judiciária (PJ) da Guarda anunciou esta segunda-feira a detenção de um homem de 34 anos, no concelho de Almeida, pela alegada prática de crimes de abuso sexual de uma criança de quatro anos.

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere em comunicado que o homem, sem qualquer actividade profissional, é considerado o presumível autor de crimes de abuso sexual de crianças, ocorridos no final do ano de 2014 e no início do ano de 2015, "de que foi vítima um menino, com 04 anos de idade".

"Tais abusos terão ocorrido, à data, na residência comum do detido e da vítima, bem como de outros familiares comuns", refere a fonte.

O detido foi presente às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório, tendo ficado sujeito à medida de coacção de termo de identidade e residência.