Teresa Villaverde seleccionada para competição no Festival de Cinema de Berlim

Colo terá estreia mundial na Berlinale. É a sétima longa-metragem da realizadora desde a estreia em 1991, com A Idade Maior.

A realizadora de <i>Mutantes</i> sucede a Ivo Ferreira como presença portuguesa na secção competitiva do festival
Foto
A realizadora de Mutantes sucede a Ivo Ferreira como presença portuguesa na secção competitiva do festival ENRIC VIVES-RUBIO / PUBLICO

Um ano depois de Cartas da Guerra, de Ivo Ferreira, o festival de Berlim volta a escolher um filme português para o seu concurso oficial. Colo, o novo filme de Teresa Villaverde, sucede aquela adaptação de Lobo Antunes na competição do certame alemão, fechando o círculo de 12 meses que viram o cinema português estar presente em quase todos os grandes festivais de cinema e ser premiado em Locarno (melhor realização para João Pedro Rodrigues por O Ornitólogo) e Veneza (melhor actor na paralela Orizzonti para Nuno Lopes por São Jorge, de Marco Martins). 

Para Teresa Villaverde é o regresso ao festival de Berlim após 25 anos, pois a sua primeira longa-metragem A Idade Maior (1991) estreou-se na secção paralela Forum. Colo é apenas a sétima longa-metragem da realizadora, cujas longas-metragens foram todas seleccionadas para um dos “três grandes” festivais de cinema do mundo. Três foram seleccionadas para Veneza (Três Irmãos em 1994 e Água e Sal em 2001 na competição oficial e Cisne em 2011 na paralela Orizzonti) e duas para Cannes (Os Mutantes em 1998 na paralela Un Certain Regard e Transe em 2006 na Quinzena dos Realizadores). Tal como o anterior Cisne, Colo é uma produção da própria cineasta, com imagem de Acacio de Almeida e interpretação de João Pedro Vaz, Alice Albergaria Borges e Beatriz Batarda. 

Colo é um dos dez primeiros filmes anunciados para o concurso da 67.ª edição de Belim, cujo júri será presidido pelo holandês Paul Verhoeven. Teresa Villaverde ombreará para já com o novo filme do finlandês Aki Kaurismaki, The Other Side of Hope; The Dinner, de Oren Moverman (Viver à Margem) com Richard Gere e Laura Linney; e os novos filmes das veteranas Sally Potter,  The Party, e Agniezka Holland, Spoor. A Berlinale decorre de 9 a 19 de Fevereiro.