Os argumentistas dos EUA gostaram de Stranger Things, Westworld e de Atlanta

Muitas séries novas nas nomeações do Writers Guild of America, conhecidas na segunda-feira.

Winona Ryder em <I>Stranger Things</i>
Foto
Winona Ryder em Stranger Things NETFLIX

As nomeações do Writers Guild of America para a melhor escrita em televisão de 2016 destacou séries como a surpresa do Verão Stranger Things, a comédia Atlanta ou a acabada de terminar Westworld. Entre os títulos nomeados estão séries muito populares mas ainda por estrear em Portugal como This Is Us.

Anunciadas na segunda-feira, as nomeações da organização que reúne os argumentistas norte-americanos escolheram para candidatos a melhor série dramática a aventura sci-fi juvenil Stranger Things (Netflix), os épicos Westworld (HBO/TVSéries) e A Guerra dos Tronos (HBO/SyFy), The Americans (Fox Crime) e Better Call Saul (AMC/Netflix). Na comédia competem Atlanta (FX/Fox Comedy), Sillicon Valley e Transparent (ambas a passar no TVSéries), Unbreakable Kimmy Schmidt (Netflix) e Veep (HBO/TVSéries).

Veep tem sido a vencedora nos últimos anos e no drama a corrida está em aberto depois de ter terminado o anterior premiado, Mad Men.

Atlanta repete a nomeação para a categoria de Nova Série, juntamente com Stranger Things e Westworld. This is Us (NBC), uma história que tem como premissa a vida familiar de três pessoas nascidas no mesmo dia, está na mesma lista, juntamente com Better Things (FX).  

Entre os talk shows, programas de variedade e humor estão nomeados The Daily Show with Trevor Noah, Late Night with Seth Meyers, Last Week Tonight with John Oliver (RTP3) e The Late Show with Stephen Colbert (SIC Radical). De fora ficou uma série com bastante sucesso neste segmento — e a única apresentada por uma mulher —, Full Frontal with Samantha Bee.

Outras séries bastante elogiadas estão nomeadas noutras categorias, como O Caso de O.J. (FX/Fox), The Night Of (HBO/TVSéries) ou 11.22.63 (Hulu/Fox) – veja a lista completa de nomeações aqui.

Os prémios são entregues a 19 de Fevereiro, juntamente com os de cinema, cujas nomeações são conhecidas a 4 de Janeiro.

Sugerir correcção