Chapéus-de-chuva há muitos no terceiro dia de visita dos reis

Felipe VI e Letizia estão na Assembleia da República.

Felipe VI no Palácio das Necessidades com António Costa, no segundo dia da visita
Foto
Felipe VI no Palácio das Necessidades com António Costa, no segundo dia da visita Reuters/POOL

É um sobe-e-desce de escadas em frente à Assembleia da República. Cinco membros do staff do Parlamento abrem o chapéu-de-chuva, vão buscar a individualidade que chega de carro, sobem, passam a passadeira vermelha, fecham o chapéu, e durante este movimento já outro membro do staff vai buscar outra individualidade.

Parece a dança dos chapéus-de-chuva. Ministros, antigos Presidentes da República, entre muitos outros, todos chegam para a cerimónia que tem lugar em São Bento em honra dos reis de Espanha.

A chuva marca o terceiro dia da visita da realeza, talvez por isso não se veja, pelo menos do cimo da escadaria, ninguém com máquinas fotográficas à espera dos reis (a não ser jornalistas). Vê-se, isso sim, a Guarda de Honra há horas à espera e à chuva.

Felipe VI e Letizia chegaram e lá dentro da Assembleia seguiu-se um extenso protocolo a cumprir, com cumprimentos e discursos. 

Os reis de Espanha foram recebidos por Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, e a mulher, Maria Filomena de Aguiar.

Seguiu-se o discurso de Felipe VI, a apresentação de cumprimentos pelos deputados e assinatura do livro de honra do Parlamento.

Sugerir correcção