Director do programa para a infecção VIH/Sida demitiu-se

Kamal Mansinho dirigia os programas para a infecção VIH/Sida e para as hepatites virais.

Foto
Kamal Mansinho é director do Serviço de Doenças Infecciosas do Hospital de Egas Moniz ALEXANDRE AFONSO

O médico Kamal Mansinho abandonou o cargo de director do Programa Nacional para a Infecção VIH/Sida e Tuberculose, cerca de meio ano depois de ter assumido funções.

O médico infecciologista pediu a demissão do cargo há já algum tempo por razões pessoais, segundo uma fonte do Ministério da Saúde, mas a notícia só foi conhecida esta segunda-feira.

Para esta terça-feira estava prevista uma sessão de esclarecimento sobre VIH/Sida com a comunicação social, encontro que foi cancelado. 

Kamal Mansinho, que é director do Serviço de Doenças Infecciosas do Hospital de Egas Moniz, também era responsável pelo novo programa prioritário, da Direcção-Geral da Saúde, para a área das hepatites virais, criado em Maio.

<_o3a_p>