Torne-se perito

Ex-Goldman Sachs apontado para o Tesouro dos EUA

Steven Mnuchin estve ligado ao banco de investimentos durante 12 anos, produziu filmes em Hollywood e agora pode estar a caminho da administração Trump.

Steven Mnuchin foi visto na Trump Tower em Nova Iorque mas disse que iria apenas "ajudar na transição"
Foto
Steven Mnuchin foi visto na Trump Tower em Nova Iorque mas disse que iria apenas "ajudar na transição" AFP/JEWEL SAMAD

Steven Mnuchin, antigo partner do banco Goldman Sachs e director financeiro da campanha de Donald Trump, pode ser o nome escolhido para tutelar a importante pasta do Tesouro norte-americano durante a Presidência do republicano.

A notícia é avançada pela Bloomberg, que cita duas fontes dando conta de que o nome foi proposto pela equipa de transição que está a apoiar Donald Trump na formação do seu governo.

A Bloomberg dá conta também que Mnuchin foi visto na Trump Tower em Nova Iorque tendo sido questionado pelos jornalistas sobre a razão da sua presença no local, tendo respondido que iria “ajudar com a transição durante esta semana”.

Steven Mnuchin esteve ligado ao Goldman Sachs durante 17 anos até 2002, passando depois pela empresa Soros Fund Managment e por Hollywood, onde constituiu uma empresa de produção de filmes. Actualmente é presidente executivo e co-fundador da Dune Capital Management.

Sugerir correcção