Os novos caminhos da música, cinema e tecnologia na Web Summit

O futuro das plataformas de streaming de música e dos festivais vão estar em discussão na conferência internacional em Lisboa.

Foto
Joseph Gordon-Levitt, que recentemente protagonizou o filme de Oliver Stone, Snowden Reuters/DANNY MOLOSHOK

O actor Joseph Gordon-Levitt, os músicos Ne-Yo e Tinie Tempah, Seth Farbman, do Spotify, e Marian Goodell, do festival Burning Man, são algumas das personalidades que vão estar na Web Summit.

A conferência internacional sobre tecnologia e inovação, que começa na segunda-feira, tem várias conferências dedicadas ao universo da indústria musical. A maioria dos encontros estão concentradas na quinta-feira para se discutir, por exemplo, novas formas de organizar festivais de música, o futuro das plataformas de streaming ou o significado das editoras discográficas independentes nos nossos dias.

Estarão presentes executivos como Eric Wahlforss, co-fundador da plataforma SoundCloud, Seth Farbman, do Spotify, Hans-Holger Albrecht, da Deezer, ambas plataformas de escuta de música online, criadores como Bruce Pavitt, fundador da editora Sub Pop Records, e empresas como o portal YouTube, as publicações Pitchfork e Billboard ou a organização do festival South by Southwest. 

Um dos oradores que poderá suscitar maior interesse é o actor norte-americano Joseph Gordon-Levitt, que recentemente protagonizou o filme de Oliver Stone, Snowden. Participará na Web Summit em duas conferências distintas, ambas no Meo Arena: na segunda-feira falará sobre a relação entre criatividade e negócio; na quinta-feira sobre comunidades criativas. Joseh Gordon-Levitt fundou em 2004, com o irmão, Dan Gordon-Levitt, a hitRECord, uma empresa de produção de conteúdos que funciona como uma cooperativa online.

A par da música, a Web Summit acolherá ainda, mas numa escala menor, conferências sobre cinema e tecnologia, novos formatos e suportes, com recurso a novas aplicações e à Internet. Entre os oradores vão estar, por exemplo, Willliam Sargent, fundador da empresa de efeitos visuais Framestore, que conquistou um Óscar em 2014 pela participação no filme Gravidade, ou Maureen Fan, fundadora da empresa Boabab Studios, de produção de cinema de animação.

À boleia da visibilidade que a Web Summit proporcionará, estão previstas várias actividades em Lisboa ligadas à música, muitas de acesso só por convite, como a festa que a plataforma portuguesa de música Tradiio e a aceleradora de startups Beta-i programaram para terça-feira, no Estúdio Time Out, no Mercado da Ribeira. É lá que acontecerá um concerto dos Throes + The Shine e actuações, em formato DJ, de Da Chick e Mike el Nite. A entrada é gratuita para quem tiver bilhete do Web Summit, mas também para quem se inscrever na lista do evento criado no Facebook. Também na terça-feira, a plataforma portuguesa para designers e web designers Bondlayer - uma das 67 startups selecionadas para a Web Summit - dará uma festa na Galeria Zé dos Bois com actuações de BLEID e Puto Márcio.