Paulo Ribeiro assume direcção artística da Companhia Nacional de Bailado

Coreógrafo e director do Teatro Viriato substitui Luísa Taveira, que transita para o Conselho de Administração da Fundação Centro Cultural de Belém.

Foto
Paulo Ribeiro no Teatro Viriato, em Viseu PAULO PIMENTA

O bailarino e coreógrafo Paulo Ribeiro vai assumir a direcção artística da Companhia Nacional de Bailado (CNB), substituindo no cargo Luísa Taveira, que está de partida para o conselho de administração da Fundação Centro Cultural de Belém. As nomeações foram anunciadas esta segunda-feira.

Paulo Ribeiro, que foi o último director do Ballet Gulbenkian antes da sua extinção, desempenhava actualmente as funções de director-geral e de programação do Teatro Viriato, em Viseu.

Na nota enviada às redacções, o Ministério da Cultura destaca o "intenso percurso" de Luísa Taveira "enquanto programadora, gestora cultural e pedagoga", esclarecendo que assumirá funções como vogal na sequência do fim do mandato de Miguel Leal Coelho, que tutelava as áreas da música e dos espectáculos. Este era, recorde-se, o único membro do conselho de administração do CCB que tinha transitado da anterior gestão, presidida por António Lamas, após a sua polémica demissão pelo anterior ministro da Cultura, João Soares, em Fevereiro deste ano. Desde então, Elísio Sumavielle preside ao organismo, que tem também como vogal a historiadora Isabel Cordeiro, nomeada em Março.

Paulo Ribeiro, que foi o último director do Ballet Gulbenkian antes da sua extinção, desempenhava actualmente as funções de director-geral e de programação do Teatro Viriato, em Viseu. Em 1995 fundou a Companhia Paulo Ribeiro, cujos 20 anos assinalou em 2015 com a peça A Festa (da Insignificância)

Sugerir correcção