Torne-se perito

Há dois filmes de cineastas portugueses entre os 25 melhores do século XXI, diz a Les Inrocks

A revista francesa põe O Fantasma, de João Pedro Rodrigues, e Tabu de Miguel Gomes na sua lista.

Foto
O Fantasma, primeiro filme de João Pedro Rodrigues, é o filme português mais bem classificado pela revista DR

O Fantasma, de João Pedro Rodrigues, e Tabu, de Miguel Gomes, estão na lista dos 25 melhores filmes do século XXI para a revista francesa Les Inrockuptibles. O Fantasma está em 18.º lugar e Tabu em 25.º.

A lista da revista francesa, mais conhecida como Les Inrocks, vem como resposta à da BBC, que em Agosto elaborou uma lista dos 100 melhores filmes dos últimos 16 anos, escolhidos por críticos internacionais. Curiosamente, o mesmo filme ocupa o topo de ambas as votações: Mulholland Drive, de David Lynch (2001). Também um dos dois filmes portugueses agora destacados, Tabu, figurava nessa escolha, em 71.º lugar.

Para a Les Inrocks, Tabu (2012), é um filme “de beleza venenosa”, que sabe cruzar “os estratos temporais irrigados por romantismo”. Já O Fantasma (2000), filme de estreia de João Pedro Rodrigues, que ganhou recentemente o prémio de Melhor Realizador no festival de Locarno com O Ornitólogo, é descrito como uma obra “fascinante e hipnótica”, que “inaugurou perfeitamente” o trabalho do realizador.

Mistérios de Lisboa, uma co-produção portuguesa, brasileira e francesa com realização do chileno Raoul Ruiz, também está no top da revista, em 15.º lugar. “Ruiz consegue dar um ar de opulência aos seus filmes mesmo com orçamentos modestos”, afirma a publicação francesa.

Entre os filmes mais bem classificados pela revista estão Holy Motors, de Leos Carax (2012), Elephant, de Gus Van Sant (2003), Inteligência Artificial, de Steven Spielberg (2001), e Elle, de Paul Verhoeven (2016).

Eis a lista completa da Les Inrocks, por ordem crescente:

25. Tabu (Miguel Gomes, 2012);

24. Procurem Abrigo (Jeff Nichols, 2011);

23. Match Point (Woody Allen, 2005);

22. Zodiac (David Fincher, 2007);

21. Uma História de Violência (David Cronenberg, 2005);

20. Apollonide - Histórias de um Bordel (Bertrand Bonello, 2011);

19. Millennium Mambo (Hou Hsiao-hsien, 2001);

18. O Fantasma (João Pedro Rodrigues, 2000);

17. Filme Socialismo (Jean-Luc Godard, 2010);

16. The Host - A Criatura (Bong Joon-ho, 2006);

15. Mistérios de Lisboa (Raoul Ruiz, 2010);

14. Debaixo da Pele (Jonathan Glazer, 2013);

13. Elle (Paul Verhoeven, 2016);

12. Viagem de Finalistas (Harmony Korine, 2012);

11. O Desconhecido do Lago (Alan Guiraudie, 2013);

10. Duplo Amor (James Gray, 2008);

9. O Tio Boonmee Que se Lembra das Suas Vidas Anteriores (Apichatpong Weerasethakul, 2010);

8. Inteligência Artificial (Steven Spielberg, 2001);

7. Disponível para Amar (Wong Kar-wai, 2000);

6. Febre Tropical (Apichatpong Weerasethakul, 2004);

5. Gerry (Gus Van Sant, 2002);

4. Reis e Rainha (Arnaud Desplechin, 2004);

3. Elephant (Gus Van Sant, 2003);

2. Holy Motors (Leos Carax, 2012),

1. Mulholland Drive (David Lynch, 2001).

Sugerir correcção