Mais 30 mil crianças terão direito a abono

Reintrodução do quarto escalão acompanha aumento gradual de abono para toda a primeira infância.

Foto
Vieira da Silva e Cláudia Joaquim apresentaram orçamento da Segurança Social para 2017 Rui Gaudencio/Arquivo

A secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, já tinha dito ao PÚBLICO que o quarto escalão de rendimento do abono de família seria reposto para crianças com menos de três anos. Esta segunda-feira, Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, explicou que abrangerá 30 mil.

O quarto escalão de rendimento tinha sido eliminado em 2010. A partir de Janeiro do próximo ano, todas as crianças com menos de três anos nesse escalão passarão a receber 9,41 euros de abono de família. Em Janeiro de 2018, verão a prestação subir para 18,82 euros e em 2019 para 56,45 euros.

Como o PÚBLICO noticiou, de forma gradual, o abono das crianças de um a três anos ficará igual ao das crianças com menos de um ano. Neste momento, as crianças com mais de um ano recebem 36,42 euros no primeiro escalão, 30,07 no segundo, 27,21 no terceiro. A partir de Janeiro, arrecadarão 54,63 euros no primeiro escalão, 45,10 no segundo, 38,44 no terceiro, 9,41 no quarto. No ano seguinte, 72,85 euros no primeiro, 60,13 no segundo, 49,68 no terceiro, 18,82 no quarto. Em 2019, 145,69 no primeiro, 120,26 no segundo, 94,61 no terceiro, 56,45 no quarto.

A medida deverá beneficiar umas 130 mil crianças (95 mil a 100 mil nos três primeiros escalões e 30 mil no quarto) e implicar um gradual aumento na despesa (30 milhões em 2017, 80 milhões em 2018, 115 milhões em 2019).