O cartaz do Out.Fest

Foto

Nem só de Hieroglyphic Being vive o Out.Fest. Atenções também concentradas nos japoneses Acid Mothers Temple, banda de rock psicadélico que em 20 anos de carreira lançou várias dezenas de discos, ou para o saxofonista britânico Evan Parker que se apresentará na companhia do contrabaixista Barry Guy e do baterista Paul Lytton, figuras de proa do jazz e da música improvisada. De regresso estará o ex-Spacemen 3, o inglês Peter Kember, mais conhecido pela designação Sonic Boom, uma das figuras centrais do psicadelismo e dos rituais sonoros mais cósmicos, havendo de contar também com André Gonçalves, Klein, Tropa Macaca, Ondness ou Gume. O Velvet Be Jazz Club, na Escola de Jazz do Barreiro, o Auditório Municipal Augusto Cabrita, o espaço ADAO e o Convento da Madre de Deus da Verdena são os espaços onde acontecerão os concertos e alguns workshops.