Mais quatro medalhas de Matemática para alunos portugueses

Resultados das Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática confirmam valor dos jovens portugueses, frisa Ministério da Educação.

Estudantes portugueses já arrecadaram oito medalhas de ouro
Foto
Estudantes portugueses já arrecadaram oito medalhas de ouro ADRIANO MIRANDA

Os quatro estudantes portugueses que participaram na 31.ª edição das Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática saíram do Chile, onde decorreu este evento, com quatro medalhas: duas de prata e outras tantas de bronze, revelou neste sábado o Ministério da Educação (ME). Na edição do ano passado, Portugal também conseguiu quatro medalhas, uma delas de ouro.

Segundo o ME, com o resultado de 2016, “os estudantes portugueses voltam a mostrar o que valem na Matemática”. Apesar das dificuldades crónicas demonstradas nesta disciplina nos exames nacionais, os jovens portugueses têm-se distinguido nas olimpíadas internacionais de Matemática. Por exemplo, nas Ibero-Americanas arrecadaram oito medalhas de ouro em oito anos consecutivos.

Os premiados deste ano são Alberto Pacheco (Colégio Paulo VI, Gondomar), Matilde Silva (Colégio Rainha Santa Isabel, Coimbra), Gonçalo Paredes (Escola Secundária Avelar Brotero, Coimbra) e Manuel Cabral (Colégio Valsassina, Lisboa). Matilde Silva distingue-se numa lista que habitualmente é sobretudo ocupada por rapazes.

Nas Olimpíadas Ibero-Americanas de 2016 participaram cerca de uma centena de jovens de 20 países da América Latina e da Península Ibérica. A participação portuguesa é organizada pela Sociedade Portuguesa de Matemática.