Centros históricos podem vir a ter wi-fi gratuito

Turismo de Portugal disponibiliza linha de um milhão de euros para apoiar projectos de autarquias e entidades regionais que queiram dotar as cidades com redes sem fios

Foto
Martin Henrik

O Turismo de Portugal vai disponibilizar uma linha de apoio a projectos wi-fi em Centros Históricos com uma dotação de um milhão de euros. Esta linha destina-se a apoiar os projectos que venham a ser promovidos pelas câmaras municipais e por entidades regionais de turismo que queiram dotar os centros históricos das cidades e as zonas de maior afluxo turístico com redes sem fios que permitam aos turistas utilizar wi-fi de forma gratuita e aceder a conteúdos informativos que maximizem a sua experiência no destino.

O projecto foi apresentado esta sexta feira em Elvas, no arranque da semana do Turismo e durante a qual vão ser dinamizadas várias inciativas  no âmbito do programa “All for All”,  o mote desta Semana do Turismo, que assenta na acessibilidade para todos, não só digital, mas também física.

No Centro de Ciência do Café, em Campo Maior, onde decorreu outra cerimónia, o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, anunciou o lançamento de uma linha de apoio financeiro de cinco milhões de euros para apoiar a criação de acessibilidades em estabelecimentos hoteleiros e em espaços públicos, por parte de empresas e entidades públicas.

De acordo com comunicado divulgado pelo Turismo de Portugal o programa “All for All” visa “adaptar a oferta turística às necessidades específicas de quem nos visita, desde famílias com crianças pequenas até seniores ou pessoas com algum tipo de incapacidade, ainda que temporária”.