O pato misterioso que salvou um cão da depressão

Cão George vivia deprimido há dois anos, desde que perdeu o amigo canino. Até que, sem explicação, um pato apareceu na vida dele

Foto
Jacquie Litton/ DR

Quando Blackie, um labrador de 12 anos, morreu, o seu companheiro canino ressentiu-se. George entrou em depressão. "Entristeceu com ansiedade de tal forma que por duas vezes esteve perto da morte", contou a dona, Jacquie Litton, na sua página do Facebook. Na semana em que se completavam exactamente dois anos deste a morte da amiga de quatro patas, George teve uma surpresa. Um pato apareceu no jardim de casa dele, sem que os donos percebessem de onde vinha, e o patudo despertou novamente para a vida.

"Não fazemos ideia de onde o pato veio, mas temos a certeza de que ele adora o George e desde esse dia o cão não chorou uma única vez", relata Jacquie, acrescentando: "É estranho que um pato apareça assim na nossa casa e se relacione desta forma com o cão — e ainda mais estranho isso acontecer no aniversário da morte de Blackie." Feliz com o ânimo renovado do cão, a dona promete tratar o pato como um novo membro da família e até já o baptizou de Donald.

Os vídeos e as fotografias que vai partilhando no Facebook não deixam mentir: este pato ganhou o estatuto de melhor amigo de George — e vice-versa.