Além de O Ornitólogo, há mais dois filmes portugueses no Festival de Toronto

A Brief History of Princess X, de Gabriel Abrantes, e Um Campo de Aviação, de Joana Pimenta, juntam-se ao filme de João Pedro Rodrigues.

Foto
A Brief History of Princess X, de Gabriel Abrantes

Muito bem recebido no Festival de Locarno tanto pela crítica internacional como pelo júri presidido por Arturo Ripstein, que lhe deu o prémio de melhor realizaçãoO Ornitólogo de João Pedro Rodrigues já tinha sido dado como certo na próxima edição do Festival Internacional de Cinema de Toronto, que decorre naquela cidade canadiana de 8 a 18 de Setembro. Sabe-se agora que estará acompanhado por mais duas curtas-metragens portuguesas, ambas também apresentadas em Locarno: Um Campo de Aviação, de Joana Pimenta, e A Brief History of Princess X, de Gabriel Abrantes.

A eles juntam-se ainda duas produções de Paulo Branco, que estarão em Veneza antes de Toronto: Os Belos Dias de Aranjuez, de Wim Wenders, e À Jamais, de Benoît Jacquot.

João Pedro Rodrigues já apresentou outros filmes seus em edições anteriores do Festival de Toronto, nomeadamente Morrer como um Homem, em 2009, e A Última Vez que Vi Macau, co-realizado com João Rui Guerra da Mata, em 2012.

Entre os filmes a exibir pelo festival canadiano, que celebra 40 anos, estão, por exemplo, Aquarius, do brasileiro Kleber Mendonça Filho, Snowden, de Oliver Stone, Julieta, de Pedro Almodóvar, Voyage of Time: Life's journey, de Terrence Malick, e o vencedor da Palma de Ouro de Cannes, I, Daniel Blake, de Ken Loach.

The Promise, a ficção de Terry George que foi rodada em 2015 em Portugal e em Espanha, com técnicos portugueses na equipa e com Oscar Isaac e Christian Bale nos principais papéis, também fará a estreia mundial em Toronto.