Horton criticou o rival Yang e a China não gostou e respondeu na Internet

As contas do nadador australiano estão a receber milhares de ameaças e exigências de pedidos de desculpa ao nadador chinês a quem chamou "batoteiro".

Foto
Sun Yang e Mack Horton depois de receberem as medalhas neste sábado Reuters

O nadador australiano, que no sábado à noite conquistou a medalha de ouro nos 400 metros livres, deixando para trás o chinês Sun Yang, está a ser alvo da fúria dos internautas chineses. Quando confrontado pela imprensa australiana com a picardia existente entre os dois nadadores, depois de Yang lhe ter atirado água no aquecimento, Mack Horton limitou-se a chamar “batoteiro” a Sun, referindo-se à suspensão por doping que o chinês cumpriu. Depois da prova, o australiano manteve o que disse e todas as suas contas foram atacadas por comentários ofensivos e exigências de um pedido de desculpas.

A imagem de Sun Yang a chorar já fora da piscina, depois de ter perdido o primeiro lugar para Horton também não ajudou à reacção colectiva. No Twitter, ganharam força as hashtags #dontcrysunyang e #apologisetosunyang e a publicação mais recente de Mack Horton – uma foto sua no pódio – foi atacada pela fúria dos seguidores do nadador chinês. Só no Instagram, Horton tem já mais de 400 mil comentários, grande parte deles escritos em mandarim. No Facebook, são mais de 25 mil comentários à publicação.

"I come from a land down under" ?????????? ??@dellyphotoninja Thanks for all of the love ??

Uma foto publicada por uo??o? ???? (@mackhorton) a

O australiano, que nesta edição dos Jogos ainda vai nadar os 1500 metros livres, tal como Sun Yang – que nadará também os 200 metros livres –, é acusado por estes internautas de recorrer a “jogos mentais” para destabilizar aquele que era o campeão olímpico em título. Uma fama que, por seu lado, não é estranha ao nadador chinês – Yang é conhecido por provocar os seus adversários. É o facto de ter atirado água para o australiano que está na origem desta picardia.

No entanto, em conferência de imprensa, o nadador chinês desvalorizou o acontecimento, limitando-se a dizer que está hoje mais maduro e que por isso sabe agora lidar melhor com as derrotas e com as opiniões dos outros. Mas antes, nas entrevistas rápidas, Yang criticou as palavras de Horton, argumentando que neste nível de competição, “cada atleta merece ser respeitado”. “Não há necessidade de usar estes truques baratos para afectar os outros.”

Já Horton não retirou uma palavra. Muito procurado pelos jornalistas chineses na conferência de imprensa, o australiano, sentado ao lado de Yang, voltou a dizer que para ele o nadador chinês era um batoteiro. “Eu usei a palavra batoteiro porque ele teve positivo num teste antidoping. Simplesmente tenho um problema com o facto de ele ter tido positivo e continuar a competir”, explicou.

Foi em 2014 que Sun Yang esteve três meses suspenso, depois de um teste ter acusado positivo para um estimulante proibido. Na altura, o chinês disse que esse estimulante tinha sido receitado pelo seu médico para um tratamento ao coração, não alterando em nada a sua prestação na água.

Sun Yang é muito conhecido na China, depois de se ter tornado no primeiro nadador do país a vencer uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos. Porém, já foi notícia por alguns episódios mais controversos, como aconteceu em 2013, quando foi preso uma semana por ter destruído um carro que conduzia sem carta.

Depois da derrota de sábado, os jornais chineses fizeram capa com Yang a chorar, com mensagens de força.  

Às acusações e exigências de pedidos de desculpa, juntam-se ainda as ameaças ao australiano, que se recusou neste domingo a comentar a situação – nem respondeu em nenhuma das suas contas aos milhares de mensagens, tantas delas ofensivas.

Um porta-voz do comité olímpico australiano disse à Reuters que o nadador apenas expressou o seu ponto de vista. “Ele falou em apoio aos atletas ‘limpos’".

Horton arrebatou a medalha de ouro com um tempo de 3m41,55s. Sun Yang ficou atrás com 3m41,68s e a medalha de bronze foi entregue ao italiano Grabriele Detti com 3m43,49s. Na piscina, no final da prova, Horton e Yang não se cumprimentaram, mas os dois apertaram as mãos para os fotógrafos no pódio.