Madeira

Madeira quer redução das taxas de juro do empréstimo ao Estado

As contas são simples: o Estado tem-se financiado a uma taxa de 2,8% e cobra ao Funchal 3,375% pela ajuda financeira prestada em 2012. O governo madeirense está a preparar uma proposta para reduzir esses encargos, que António Costa, antes de ser primeiro-ministro, disse ser legítima.