Leo Bassi é uma das presenças confirmadas
Foto
Leo Bassi é uma das presenças confirmadas

Fundão recebe 12.ª edição do TeatroAgosto

"Quando, há 12 anos, criámos o TeatroAgosto, foi exactamente porque este era um mês morto e em que era necessário fazer algo que marcasse culturalmente estes dias"

O Fundão será palco, entre os dias 19 a 28 de Agosto, da 12.ª edição do TeatroAgosto - Festival Internacional de Teatro ao ar Livre, que integra espectáculos de teatro, música, cinema, ilusionismo e animação.

"É um festival o mais transversal possível e que, sem abdicar da qualidade, pretende dar resposta a vários públicos, como sejam as famílias, os mais jovens e menos jovens ou outros artistas e profissionais do teatro e das artes", referiu à agência Lusa o director artístico do festival, Nuno Pino Custódio.

Organizado pela ESTE - Estação Teatral da Beira Interior, o certame contará com apresentações em palco fixo (espaço exterior da Moagem e com bilheteira), bem como com vários espectáculos gratuitos, que decorrerão no âmbito do IV Ciclo de Teatro e Animação na Rua. Este ciclo realiza-se entre os dias 19 e 22 de Agosto e será, pela primeira vez, levado a cabo em articulação com o Cale & SangriAgosto, um festival de artes e animação de rua que também é dinamizado na cidade — uma ligação que surge a título experimental, mas que a ESTE acredita que "pode ser positiva".

"Quando, há 12 anos, criámos o TeatroAgosto, foi exactamente porque este era um mês morto e em que era necessário fazer algo que marcasse culturalmente estes dias. Entretanto, foram surgindo outros eventos e outras ofertas, mas, numa cidade tão pequena e com tão poucos recursos, articular e estabelecer sinergias é o mais inteligente", apontou Nuno Pino Custódio.

No que concerne à componente mais convencional dos espectáculos de bilheteira, a programação continua a obedecer a uma matriz que interliga a qualidade com a possibilidade de os projectos se adequarem a apresentações ao ar livre, o que representa o maior desafio em termos programáticos e que leva a que algumas companhias tenham de adequar as peças a esse palco exterior.

Leo Bassi, actor consagrado internacionalmente e que defende um teatro "mais activista e de intervenção", é uma das presenças asseguradas. Será responsável por uma 'masterclass' (a turma ficou imediatamente preenchida por diversos actores) e apresentará a peça "The Best of Bassi", espectáculo que encerrará esta edição do TeatroAgosto e que surge da compilação das "melhores cenas" de outros trabalhos deste artista.

Outro dos destaques vai para o espectáculo "Lullaby", com Rui Paixão, artista "revelação" no universo 'clown', que tem obtido reconhecimento nacional e internacional e que foi escolhido para integrar uma das novas produções do Cirque du Soleil.

Além de outros artistas e companhias teatrais, o programa também inclui mostras cinematográficas, uma residência artística, performances, espectáculos de ilusionismo e concertos, tendo ainda prevista animação musical para depois dos espectáculos de bilheteira. Haverá também uma extensão itinerante, que leva apresentações até às freguesias de Silvares e Alcaide, no concelho do Fundão, bem como à cidade de Castelo Branco.

O cartaz completo pode ser consultado aqui. O orçamento global é de cerca de 18 mil euros, sendo o bilhete geral para os espectáculos de bilheteira a 15 euros e o diário a cinco euros, sujeito a vários descontos que podem baixar o valor até um euro.