Riding Pânico, a banda-talismã do Milhões

Fotogaleria

Podíamos dizer que já fazem parte da mobília, mas pode não calhar bem: afinal, os Riding Pânico têm a merecida fama de partir a loiça toda em concerto. Assim foi, este sábado, no Palco Taina, onde deram mais uma lição de pós-rock bem musculado. Foi a décima vez que a banda actuou no Milhões de Festa — pode não parecer, mas já passaram dez anos desde a primeira edição do festival, no Porto. E eles, como talismã, não perderam uma, assumindo este ano uma nova responsabilidade. Foram curadores e levaram para Barcelos os cúmplices que este sábado desfilaram no Taina: os Marvel Lima, de José Penacho, e os Quelle Dead Gazelle, de Miguel Abelaira, músicos que integram a actual formação dos Riding Pânico. Tudo entre amigos, tudo bons rapazes, agora só falta mesmo o novo álbum. O Milhões de Festa termina este domingo com El Guincho, Dan Deacon, Oozing Wound, ho99o9 e um mundo inteiro para descobrir. E, já agora, piscina, calor, taina e Verão.

 

Acompanha a cobertura do festival no PÚBLICO.

Sugerir correcção