Frank Kalero, agente cultural, vai estar presente nesta edição do Creative Camp  180 Creative Camp
Foto
Frank Kalero, agente cultural, vai estar presente nesta edição do Creative Camp 180 Creative Camp

180 Creative Camp: quem disse que o Verão não pode ser criativo?

O 180 Creative Camp acolhe, de 3 a 10 de Julho, um programa de intervenções artísticas entre a arquitectura e a arte urbana, entre o cinema e o design

A partir deste domingo, a cidade de Abrantes volta a acolher o 180 Creative Camp, uma academia de Verão que juntará cerca de uma centena de pessoas para discutir e pensar sobre os caminhos da criatividade. "Acho que a maneira mais simples de explicar o que é o 180 Creative Camp é dizer que é uma academia de Verão da criatividade", como afirmou o director de programação, Nuno Alves, à agência Lusa.

Este será o quarto ano que Abrantes, uma cidade do interior na margem do Rio Tejo, é a casa desta iniciativa transdisciplinar do Canal 180, acolhendo de 3 a 10 de Julho um programa de intervenções artísticas, "workshops" com artistas convidados, cinema e música.

A academia destina-se a "jovens com mentes criativas e efervescentes", como se lê no programa, e às 40 vagas disponíveis concorreram mais de 150 pessoas, não só de Portugal, mas também de países como Itália, Colômbia e Estados Unidos da América. Segundo Nuno Alves, o 180 Creative Camp pode ser entendido como um complemento ao percurso académico de quem está a concluir estudos e pode servir de bússola para quem procura uma orientação profissional no universo das indústrias criativas.

PÚBLICO -
Foto
O colectivo espanhol de arte urbana Boa Mistura vai também marcar presença no 180 Creative Camp Creative Camp

Não sendo um festival, é um projecto que "está focado no processo criativo. Aqui o que conta é o pensar, como criar, produzir, comunicar e distribuir", elencou Nuno Alves.

PÚBLICO -
Foto
Sean Dunne é um dos cabeças de cartaz desta edição do Creative Camp Creative Camp

Ao longo de uma semana, os participantes estarão em contacto com convidados portugueses e estrangeiros, num programa transdisciplinar que procura caminhos de comunicação entre a arquitectura e a arte urbana, entre o cinema e o design, por exemplo. Entre os convidados deste ano contam-se o realizador Sean Dunne, o agente cultural Frank Kalero, a realizadora Leonor Teles, o ilustrador e músico José Cardoso e o colectivo espanhol de arte urbana Boa Mistura, que fará uma intervenção num edifício da cidade.

Anualmente, a organização potencia a ligação das actividades do Creative Camp à vida quotidiana de Abrantes, envolvendo espaços do centro histórico, o comércio local e os habitantes, em particular, os mais novos. "Faz parte da intenção do Creative Camp envolver e potenciar o desenvolvimento de Abrantes, porque é uma cidade do interior e onde se nota uma necessidade de renovação", afirmou Nuno Alves.

Esta semana dedicada às artes e à criatividade organizada pelo Canal 180 — um canal de televisão por cabo —, aconteceu pela primeira vez em 2012 em Vila Nova de Cerveira. Já passou por Guimarães, teve uma réplica em Itália e fixou-se em Abrantes, onde acontece pelo quarto ano consecutivo, com o apoio da autarquia.

Sugerir correcção