Jerónimo de Sousa elogia Congresso do PS

Líder comunista destacou defesa da escola pública.

Depois de descer o Chiado, Jerónimo de Sousa fez um jantar-comício em Odivelas e encerrou a campanha com um comício no Seixal.
Foto
Depois de descer o Chiado, Jerónimo de Sousa fez um jantar-comício em Odivelas e encerrou a campanha com um comício no Seixal. Daniel Rocha

O secretário-geral do PCP elogiou esta segunda-feira o 21.º Congresso Nacional do PS, no fim de semana, sobretudo a "janela de esperança" que o líder socialista, António Costa, se propôs cumprir, segundo o lema final da reunião magna.

"O primeiro registo é para a valorização que foi feita da concretização da posição conjunta, designadamente do PS e do PCP, na recuperação e reposição de direitos, salários, pensões, defesa dos serviços públicos, nomeadamente da escola pública", disse Jerónimo de Sousa.

Para o líder comunista, a solução governativa encontrada em Outubro "deu à sociedade portuguesa um sentimento de um caminho construtivo, a tal janela de esperança". No cenário de encerramento do congresso socialista leu-se "cumprir a esperança".

Contudo, Jerónimo de Sousa manifestou "uma nota de preocupação em relação àquilo que são diferenças e até divergências particularmente [para com o PS] em relação à União Europeia e aos constrangimentos que resultam da submissão ao euro".

"Estes amarramentos e bloqueios que nos são impostos por parte da União Europeia impedem-nos de andar, de [ter] esse desenvolvimento económico de que precisamos tanto", defendeu.