Sesimbra pelos pés de quem a conhece melhor

Débora e Marcelo voltaram a Portugal, desempregados, com um sonho: divulgar e promover o património da sua vila. Nasceu desta vontade a Sesimbra Walking Tours.

Foto
O novo Ministério do Mar é tutelado por Ana Paula Vitorino Mara Carvalho

Sabe quem são os pexitos? Se não for natural de Sesimbra, o mais provável é que não o saiba. E secalhar, também não conhece a história ou as curiosidades desta vila. É isso que dois pexitos, que é como são chamados os habitantes locais, querem fazer: dar a conhecer a vila a pé, contando as histórias de cada recanto. É o Sesimbra Walking Tours, uma iniciativa de dois jovens desempregados.

A Sesimbra Walking Tours surgiu de sonho de um casal português, que viveu durante seis meses na Islândia, e que de lá trouxe a inspiração que vem tantas vezes com a saudade: a de querer mostrar o que vale a terra-mãe. Focados na descoberta e na partilha de novas experiências, Débora Nabais e Marcelo Almeida criaram em Março esta empresa de turismo, com berço em Sesimbra. Ela amante de arte, ele aluno de relações internacionais, têm em comum a paixão pelo turismo e pela cultura do seu país.

A empresa surgiu como uma espécie de "filha" das experiências de Portúgalsk, uma página de facebook que o casal criou para partilhar a Islândia que conheceram durante meio ano. Naturais da vila do concelho de Setúbal, trouxeram do Atlântico Norte a maturidade de quem “descobriu um novo mundo” e não se deixaram abalar pelo desemprego. “Chegamos e pensámos: porque não Sesimbra?”, conta Débora ao PÚBLICO. Aproveitaram os bons ventos do turismo que sopram da capital e arrecadaram os aplausos dos habitantes e instituições da cidade. “Não havia nada que promovesse e divulgasse o património desta vila”, afirma Débora.

É possível percorrer as ruas e a comunidade pexita num passeio guiado a pé. A caminhada é interrompida várias vezes para provar os produtos regionais, dos doces ao vinho. Mas a história pode rapidamente seguir das ruas interiores da vila para a beira-mar. A Sesimbra Experience leva os turistas ao Porto de Abrigo, o ponto mais a oeste da vila e um importante local para a indústria piscatória, na primeira fila para assistir aos leilões de peixe. “Esta é a experiência mais característica da vila. Cheira-se e prova-se o peixe”, explica Débora.

A arte não podia, contudo, ficar de fora. A Artistic Treasures Tour, outra das ofertas da empresa, leva os visitantes a acompanharem a pé o património edificado e artístico da vila: das ruas estreitas, ladeadas por casas coloridas, até à vila moderna adornada com arte urbana.

A Sesimbra Walking Tours disponibiliza também, a partir desta terça-feira, transporte de e para Lisboa, dando a oportunidade aos turistas que estão na capital de visitarem Sesimbra, seguindos as pegadas destes guias.

Pelo caminho, não faltam as curiosidades: sabia que por baixo de Sesimbra existe um dos maiores cabos submarinos de fibra-óptica do mundo? Conhece a vegetação mediterrânea primitiva única da serra da Arrábida, onde existem vários microclimas típicos da serra? Pistas para um novo mundo a descobrir.

Texto editado por Ana Fernandes