Deputado do PS tem lapso e diz “merd...” no Parlamento

Carlos Pereira questionava um deputado do PSD sobre a política de turismo do anterior Governo

Foto
O deputado do lapso é madeirense DR

O debate no plenário da Assembleia da República sobre turismo tinha começado há poucos minutos. Depois de uma intervenção inicial de Paulo Neves, do PSD, sobre o turismo, Carlos Pereira, do PS, questionava o social-democrata quando, por lapso, disse “merd...”, tendo corrigido logo depois para “matéria”.

“Os senhores desinvestiram na importância da interioridade. Como sabem, o turismo tem um impacto significativo e os senhores desinvestiram significativamente nessa merda…nessa matéria”, disse Carlos Pereira, líder do PS/Madeira, dirigindo-se à bancada do PSD. Só alguns sociais-democratas se aperceberam da palavra e outros ficaram na dúvida se o deputado a teria mesmo proferido.

Ao PÚBLICO, disse não se ter apercebido de ter dito a palavra e de nem sequer ser essa a sua intenção. O episódio insólito não mereceu comentários por parte de outros deputados nem por parte do Presidente da Assembleia da República. 

Já em 2009 um outro caso insólito levou à demissão do ministro socialista Manuel Pinho que fez um gesto em forma de chifre com os dois indicadores na testa, durante o debate do Estado da Nação. A imagem foi captada pelas câmaras e o ministro foi demitido enquanto ainda decorria o debate.  

Sugerir correcção