As cidades de Marta imaginadas a caneta

Fotogaleria

Conhecemos Marta Vilarinho de Freitas há um ano, em Maio de 2015, quando apresentou o projecto “As cidades e a Memória – a Arquitetura e a Cidade”. Esta arquitecta de 29 anos com um “grande fascínio” pelo desenho de arquitectura. Na nova série de desenhos que aqui apresentamos é possível reconhecer cidades reais (o Porto, sempre presente, mas também os canais de Veneza) e conhecer outras imaginadas por Marta, materializadas num traço fino a caneta. O tema da cidade, recorrente nos seus trabalhos, “está directamente relacionado com o mundo da arquitectura, da história, dos edifícios, das fachadas, das ruas e das pessoas”. “São tecidos urbanos marcantes e surpreendentes, onde se cruzam histórias e se celebra a vida.”

Sugerir correcção