DR
Foto
DR

Megafone

3Pês: Baleia, a outra alma do Brasil

Promo, Palco e Pista: os 3Pês de António Barroso. Estas são as suas sugestões musicais para este fim-de-semana, de 19 a 21 de Maio

Promo

Como diz o meu amigo Sérgio Costa, jornalista e guitarrista dos Malcontent, “eu tenho é um fascínio do 'palavra que ainda não sei se devo usar no P3 e começa por c' pelo Brasil, mas não o do samba e do carnaval”. Por isso, destaco hoje o trabalho mais recente de Baleia.

Há boas notícias do Brasil, afinal, que aquilo não é só inábeis a serem torpedeados por corruptos disfarçados de justicialistas que golpeiam a democracia para dar emprego às companheiras 650 (não é gralha, é mesmo hipérbole) anos mais novas e que é preciso manter a preços de plásticas, botoxes, champanhe e morangos.

E também não é só samba e carnaval. Também há Baleia, com o muito recente “Atlas”, segundo registo da banda do Rio de Janeiro, depois de “Quebra Azul” (2013), que quem ouve tem disparado para os lados do post-rock, pop progressivo e pós-MPB. Eu prefiro dizer que é das propostas que vai “naifando” o crânio até começar a lamber a alma. Ouçam “Duplos Andantes”, “Língua” ou “Estrangeiro”. Mas vale pelo álbum inteirinho.

Géneros à parte, pois basta que me hipnotizem, já andam aí The Kills, que estão a uma semana e pouco (3 de Junho) de pôr cá fora “Ash & Ice”, quinto longa-duração da banda de Alison Mosshart e Jamie Hince. Aperitivos: “Heart of A Dog” e “Doing it do Death

Vamos terminar a lista de sugestões com violinos e outras cordas. Primeiro com o novo álbum de Andrew Bird, que se chama “Are you Serious” (são já 13, de originais), do qual se deve ouvir “Roma Fade”; e depois com as irmãs britânicas The Staves (Emily, Jessica e Camilla Staveley-Taylor), que estão em modo de lançamento do seu mais recente EP, “Sleeping In A Car”.

Palco

Hoje (quinta, 19 de Maio), se há vontade de blues e um certo gostinho por estéticas “a la” Tom Waits, é noite de passar pelo Convento do Carmo, em Braga, onde actuará o inglês Tim Holehouse.

Sexta (16h00) e sábado (21h45) há Noiserv em Santa Maria da Feira, no Mercado Municipal, integrado no MUTE, um dos momentos da iniciativa Imaginarius (teatro de rua).

E no Café Au Lait, na Baixa do Porto, actuam as Señoritas, novo projecto de Mitó Mendes e Sandra Baptista (ex-Naifa).

Para a noite de sábado, a minha sugestão passa pela apresentação do álbum de estreia de Rui Maia, “Fractured Music”. O músico e produtor dos X-Wife e Mirror People estará no Plano B, no Porto.

Em Leiria, a jogar em casa, os Twin Transistors apresentam, no Beat Club, o seu mais recente “Sun of Wolfs”, aqui destacado na semana passada.

Propostas mais “musculadas” para a mesma noite: um concerto dos Sunflowers, no Sabotage, em Lisboa, ou o dos Mr. Jacket, no Breyner85, no Porto.

Pista

O israelita Guy Gerber, um dos nomes grandes das pistas de dance music, estará na Indústria, Porto, sexta-feira (20 de Maio), num set com a companhia de RuiTrintaeum e João Azevedo.

Na mesma noite, num registo que varia entre a electrónica e a pop, Nuno Lopes “passa” pelos Maus Hábitos, na mesma cidade.

Ainda no Porto, no Armazém do Chá, mas no sábado, Edu & Sam vs Ivo T & Paulo Cardoso propõem-se a um duelo sem tréguas com toda a energia do pop-rock das últimas décadas até ao início do século.

Nota ainda para o sexto aniversário do Rádio, em modo de set “all stars” durante o fim de semana, uma das pistas que junta a rebeldia às popularidades mais “democratas” dos contextos musicais. Sim, mesmo fora da caixa.