Ao fim de mais de 20 anos de carreira, Maze lança agora o seu primeiro álbum de longa-duração Deck 97
Foto
Ao fim de mais de 20 anos de carreira, Maze lança agora o seu primeiro álbum de longa-duração Deck 97

Maze lança um álbum surpresa

Sem anúncio prévio, Maze lançou hoje, sexta-feira, o seu primeiro álbum de longa-duração

Sem qualquer tipo de promoção ou aviso, Maze, MC do colectivo Dealema, lançou esta manhã o seu primeiro longa-duração. O álbum homónimo está disponível a partir desta sexta-feira nas habituais plataformas digitais de música e nas redes sociais do artista.

Para este trabalho, o rapper decidiu prescindir das campanhas promocionais que geralmente antecedem o lançamento de um álbum. "No fundo o disco não pede essa abordagem normal da indústria porque não tem o objectivo de ser comercial. São mensagens que eu tenho para passar às pessoas e, como não queria que fosse um disco normal, comecei a pensar em promovê-lo de outra forma", explica ao P3.

Ao fim de mais de 20 anos de carreira, Maze, alter-ego de André Neves, lança assim o seu primeiro álbum de longa-duração, apresentando-se como um artista multidimensional, que se alimenta de influências soul, disco, reggae, funk e até jazz, géneros que sempre foram "a banda sonora" da sua vida.

As letras, marcadamente íntimas e confessionais, abordam temas como o amor e a felicidade, mas também incluem considerações mais profundas sobre, por exemplo, a condição humana ou o papel do hip-hop como ferramenta de intervenção. Espera, com isso, apelar à reflexão: "Esse sempre foi o principal objectivo da minha música e continua a ser. No fundo somos todos muito parecidos e somos todos feitos dos mesmos sentimentos, das mesmas ansiedades e motivações. Ao expor as minhas, o meu interior, acho que exponho um bocadinho dessas 'entranhas' de cada um."

O disco, com o selo 2º Piso e da Banzé, conta com produções de vários nomes da cena rap nacional como Ace, Mundo Segundo, Sam the Kid, Tombo, Raez, DJ Suprhyme, Reis, Sair e Virtus. E com participações de Macaia, Laranja e Ace.

Paralelamente à sua carreira musical, Maze assume um percurso ecléctico, dividindo-se entre a música, a fotografia, a arte urbana e o Kuk Sool Won, uma arte marcial sul-coreana. O seu currículo expande-se desde as múltiplas participações em projectos underground, aos palcos pisados em "tours" dos Mind da Gap, passando pelo seu papel de agente divulgador em rádio com a Oblá FM e presentemente com o Ginga Beat da Red Bull Music Academy.

Depois do sucesso da participação no disco de Serial com o tema "Brilhantes Diamantes", que se tornaria num clássico do hip hop nacional em 2005, o artista lançou, em 2007, um EP "Homem em Missão" pela Ace Produktionz. Em 2012 lança o EP de electrónica "Micromegas" com o alter-ego Spaced Out. O primeiro álbum de longa-duração surge agora no seguimento do projecto Subverso, com o produtor Soma, um conjunto de músicas que estiveram "na gaveta" durante dez anos. O lançamento ao vivo deste novo trabalho está marcado para 28 de Maio na Sala 2 do Hard Club no Porto.