Sabes quanto ganha um trabalhador do turismo no Porto?

Vídeo dos Precários Inflexíveis quer chamar a atenção para a precariedade. No dia 1 de Maio, associação sai às ruas do Porto e de Lisboa

Os turistas renderam-se e o Porto está, definitivamente, na moda. Só em 2016, estima a Associação Precários Inflexíveis, devem abrir na cidade 30 novos hotéis. Mas afinal, perguntam-se, "quem faz mexer o Porto?" De câmara de filmar, microfone e cartazes nas mãos, foram para as ruas perguntar aos turistas: sabem qual é o salário mínimo em Portugal? Sabem quanto ganha, em média, um profissional de hotelaria?

O vídeo de lançamento à iniciativa MayDay Porto — uma marcha contra a precariedade, que quer ser "um processo de mobilização onde todos podem ter voz, num modelo assembleário e participativo" — foi partilhado na página do Facebook dos Precários Inflexíveis e começou a ser largamente difundido nas redes sociais. Nas primeiras cinco horas, mais de cinco mil pessoas tinham feito "play".

A MayDay arranca com um almoço colectivo, às 12 horas deste domingo, dia 1, na Praça dos Poveiros, e segue com intervenções musicais, intervenções e teatro. Em Lisboa, os precários vão juntar-se no Largo do Intendente, às 11 horas, com bancas de movimentos e associações, no PRECFEST, que se junta depois à manifestação da CGTP.