Torne-se perito

CMVM suspende BPI e obriga banco a prestar esclarecimentos

Negociação dos títulos do banco liderado por Fernando Ulrich não chegaram a avançar nesta terça-feira. Regulador espera esclarecimentos.

Fernando Ulrich, presidente do BPI
Foto
Fernando Ulrich, presidente do BPI Foto: Nuno Ferreira Santos

A negociação de títulos do BPI foi suspensa logo ao arranque da sessão da Bolsa de Lisboa, até “à divulgação de informação relevante sobre o emitente”. O comunicado foi divulgado pelo regulador de mercado, a Comissão de Mercados de Valores Mobiliários (CMVM), na expectativa que o banco liderado por Fernando Ulrich preste esclarecimentos.

Em causa estarão as últimas notícias relacionadas com a participação que o BPI tem no BFA, em Angola, e que está obrigado a vender por imposição de Banco Central Europeu. Na última Assembleia Geral do Banco, a proposta avançada pela liderança de Ulrich de fazer a cisão das operações foi chumbada, e o desacordo com Isabel dos Santos assumido. Na sua ultima edição, o Expresso avançava que a saída de isabel dos Santos do BPI passaria por uma entrada no BCP, e referiu-se a reuniões e a uma intervenção directa nas negociações por parte do primeiro ministro. Esta terça feira, o Jornal de Negócios avança com a saída da Santoro do capital do banco.

Ontem, a negociação de títulos do BPI atingiu máximos de Junho de 2015 e fechou a valorizar 2,87%. Esta terça feira, nem chegaram a negociar. 

Sugerir correcção