Torne-se perito

O Óscar de Melhor Argumento Adaptado é de A Queda de Wall Street

Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria

Numa cerimónia que começou com os prémios para os guionistas, apresentados desta feita por Russel Crowe e Ryan Gosling, o Óscar de Melhor Argumento Adaptado foi entregue na madrugada desta segunda-feira em Los Angeles aos autores de A Queda de Wall Street. Charles Randolph e Adam McKay receberam o Óscar.

Estavam também nomeados Brooklyn, Carol, Quarto, Perdido em Marte nos 88.ºs Óscares. Nesta temporada de prémios, a Guilda dos Argumentistas escolhera já na mesma categoria A Queda de Wall Street. Adam McKay aproveitou para recomendar, à luz do tema do filme – as bolhas especulativas que redundaram na crise financeira de 2008 – que quem não quer que o "big money controle as suas vidas não vote" em candidatos que recebem financiamento de entidades bancárias e deixou ainda uma referência velada a Donald Trump – McKay realizou recentemente o filme que brinca com o candidato à nomeação Republicana para a corrida à Casa Branca, Donald Trump’s The Art of the Deal: The Movie.

Sugerir correcção