Torne-se perito

Bebidas alcoólicas ficam mais caras

Imposto sobre álcool e bebidas alcoólicas vai subir 3%.

Foto
NFACTOS/FERNANDO VELUDO

O Governo vai aumentar em 3% o imposto aplicado à cerveja, às bebidas espirituosas e aos vinhos licorosos, de acordo com a proposta de Orçamento do Estado. As cervejas vão passar a pagar um imposto que começa nos 7,98 euros por hectolitro para os volumes de álcool mais baixos e que vai até aos 28,06 euros por hectolitro no caso dos volumes de álcool mais elevados.

De acordo com uma simulação feita para o PÚBLICO pela consultora PwC, uma garrafa de gin, por exemplo (70 cl, a com 45º), que custava 20,37 euros, vai passar a custar 20,52 cêntimos, ou seja, mais 15 cêntimos. Em 2014, o valor a pagar era de 20,22 cêntimos.

O Governo prevê que a receita líquida em sede de Imposto sobre álcool e bebidas alcoólicas atinja os 187 milhões de euros em 2016, ou seja, mais 2,6% do que em 2015.

Veja todas as notícias sobre o Orçamento do Estado para 2016