Marisa Matias pode duplicar votação de Maria de Belém

A candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda surge como a terceira mais votada em todas as projecções.

Foto
Marisa Matias votou em Coimbra Adriano Miranda

Não é um dado adquirido, mas todas as projecções apontam para que Marisa Matias consiga um resultado muito superior ao de Maria de Belém.

Nas três previsões avançadas pelos vários órgãos de comunicação social, a candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda alcança, na pior das hipóteses, 8,45%. Por outro lado, a projecção mais favorável dá à ex-presidente do Partido Socialista 5,9%.

A sondagem da Intercampus para o PÚBLICO e TVI dá a Marisa Matias uma percentagem entre 8,8% e 12,4%. O intervalo apontado para Maria de Belém está entre 2,9% e 5,9%, o que faz da candidata a quarta mais votada.

Na contabilidade em directo do Ministério da Administração Interna, com 70% dos votos apurados, Marisa Matias regista uma preferência na ordem dos 9% e Maria de Belém fica-se por pouco mais de 4,2%.

A antiga ministra da Saúde viu a sua campanha afectada pelo caso das subvenções vitalícias. Maria de Belém fez parte de um grupo de 30 deputados que subscreveu o pedido de fiscalização da constitucionalidade de uma norma sobre as subvenções vitalícias inscrita no Orçamento do Estado (OE). A deliberação do Tribunal Constitucional, que determinou a devolução das subvenções, foi conhecida a pouco menos de uma semana das eleições presidenciais.

Sugerir correcção