Arquitectura

Olhar a Serra d’Arga a partir de um refúgio de betão

Fotogaleria

De uma ruína no limite da aldeia da Montaria, na Serra d’Arga, nasceu uma nova casa com piscina elevada, que surge dentro de um volume em betão. A partir da piscina — uma homenagem aos tanques de água, comunitários ou privados, que serviam como ponto de encontro da comunidade —, a vista sobre a serra minhota tem impacto. O piso inferior fica, assim, resguardado e daí veio o nome que o gabinete de arquitectura e design Carvalho Araújo decidiu dar à construção: Refúgio na Montaria. Ao betão junta-se o vidro, um contraste no meio da pedra e da vegetação da Serra d’Arga.

Sugerir correcção