Futebol

Nacional empata com Arouca com golo no último minuto dos descontos

Insulares somaram o sexto encontro consecutivo sem vencerem em todas as competições.
Foto
Manuel Machado viu o Nacional empatar em casa DR

O Nacional e o Arouca empataram neste sábado 2-2, em jogo da 15.ª jornada da I Liga de futebol, disputado no Funchal, no qual os insulares chegaram ao empate no último minuto de compensação.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Os aveirenses adiantaram-se no marcador por duas vezes, aos 14 minutos, por Zequinha, e aos 44', por David Simão, na conversão de uma grande penalidade, mas os insulares responderam sempre, primeiro por Salvador Agra, aos 20', também na conversão de uma grande penalidade, depois por Luís Aurélio, já no quinto minuto de compensação do árbitro, num lance que causou polémica.

O Arouca entrou melhor na partida e, aos 14 minutos, marcaram, num lance em que Artur cruzou do lado esquerdo e Zequinha, sem oposição, na área, bateu Rui Silva pela primeira vez no jogo.

Seis minutos depois, o Nacional empatou o jogo, através de uma grande penalidade, resultante de um atropelo de Velásquez a Soares. Na conversão do castigo, Salvador Agra fez o golo da igualdade, enganando o guarda-redes Bracalli.

A partir de então, o conjunto da Choupana assumiu o jogo, enquanto o Arouca apostou no contra-ataque, mas sem revelar eficácia.

Ainda antes do intervalo, aos 44 minutos, o Arouca voltou a ganhar vantagem no marcador, também através de uma grande penalidade: falta de Salvador Agra sobre Ivo e David Simão, na cobrança, colocou de novo a sua equipa em vantagem, ao bater Rui Silva.

Na segunda parte, o Nacional apostou mais no ataque, enquanto o Arouca reforçou a defesa, tentando gerir a magra vantagem até ao final.

Aos 80 minutos, os aveirenses poderiam ter feito o 3-1, num lance de apatia da defesa, que deixou Zequinha isolado, mas o avançado perdeu a oportunidade, ao rematar ao lado.

O Nacional ameçou aos 86 minutos, mum remate do brasileiro Nenê Bonilha, que foi de encontro ao poste.

O Nacional chegou finalmente ao empate num lance muito polémico ocorrido na área arouquense, com Luís Aurélio como protagonista. Num lance muito confuso, um defesa do Arouca ainda tentou tirar a bola, mas o juiz da partida confirmou o golo.