Morreu o ex-polícia baleado que tentou impedir assalto

O crime ocorreu na noite de quinta-feira, num mini-mercado na zona da Buraca, no concelho da Amadora.

Foto
Numa tentativa de evitar o assalto, o polícia aposentado terá empunhado a sua própria arma, de pequeno calibre bruno lisita

Um polícia aposentado foi na noite de quinta-feira baleado na Damaia, concelho da Amadora, quando tentou impedir um assalto a um mini-mercado na zona da Buraca. Morreu nesta sexta, na sequência dos ferimentos, disse à agência Lusa fonte hospitalar.

De acordo com o comando do Comando Metropolitano da PSP, o antigo elemento da Unidade Especial da Polícia (UEP) estaria no estabelecimento comercial, cerca das 19h00, à espera da mulher, que ali trabalha, quando entraram dois homens encapuzados e armados. <_o3a_p>

Numa tentativa de evitar o assalto, o polícia aposentado terá empunhado a sua própria arma, de pequeno calibre, que viria a ser encontrada junto ao seu corpo, quando foi socorrido. A PSP não adianta se ela chegou ou não a ser disparada. Terá sido àquele gesto que um dos indivíduos encapuzados respondeu disparando a caçadeira de canos serrados. O antigo elemento da UEP foi atingido na cabeça. Transportado em estado crítico para o Hospital de Santa Maria, veio a morrer já nesta sexta, segundo a Lusa. <_o3a_p>

Segundo o Comando Metropolitano da PSP nenhuma das outras pessoas que se encontravam no estabelecimento (em número não especificado) ficou ferida. Os assaltantes levaram a caixa registadora, com uma quantidade dinheiro que também não foi revelada, e puseram-se em fuga.<_o3a_p>