Direitos de TV: semelhanças e diferenças entre os negócios feitos pelos três "grandes"

Os três "grandes" já assinaram novos contratos quanto a direitos "televisivos". Descubra as semelhanças e diferenças.

Foto

Depois do Benfica com a Nos e do FC Porto com a Meo/Altice, nesta terça-feira foi a vez de o Sporting anunciar um acordo com a Nos para a venda dos direitos televisivos dos seus jogos em casa. Os contratos têm valores e âmbitos diferentes, especiamente o do Benfica, em que apenas estão incluídos os direitos televisivos e a distribuição do canal do clube. Ao contrário de FC Porto e Sporting, o Benfica não incluiu no acordo com o operador o patrocínio das camisolas (tem um contrato com a Emirates), nem a exploração da publicidade estática no estádio, que é feita pelo próprio clube da Luz.

Já os contratos do Sporting e FC Porto são mais comparáveis, destacando-se especialmente a diferente duração do contrato para o patrocínio das camisolas: a Meo comprou esse direito por sete épocas e meia aos "dragões", enquanto a Nos será patrocinadora dos "leões" por 12 temporadas e meia, em ambos os casos a partir de Janeiro - curiosamente, o Sporting-FC Porto do próximo sábado deverá ser o primeiro jogo em que ambas as equipas se apresentam nesta temporada com patrocinador nas camisolas.

Na tabela acima, pode ver exactamente o que inclui cada contrato assinado pelos três "grandes", tendo em conta os dados que estão disponíveis.