Rui Teixeira e Sara Moreira triunfam nas ruas do Porto

S. Silvestre reuniu cerca de 10.875 atletas na Avenida dos Aliados. Rui Pedro Silva falhou a sétima vitória na prova portuense.

Foto
DR

Foram mais de 10.000 os atletas que cruzaram a meta instalada na Avenida dos Aliados, no Porto, mas só dois subiram ao lugar mais alto do pódio: Rui Ferreira, no sector masculino, e Sara Moreira, no sector feminino, ambos representantes do Sporting. A São Silvestre portuense, ao contrário do que sucedeu nas seis edições anteriores, desta vez não consagrou Rui Pedro Silva.

Foi precisamente porque Rui Teixeira surpreendeu a concorrência, com um início forte, que o atleta do Benfica, que procurava o sétimo triunfo consecutivo no Porto, desta vez foi relegado para segundo plano. Rui Pedro Silva ainda procurou recuperar, mas viu o rival do Sporting resistir até final. Quem sucumbiu ao esforço do benfiquista foi José Moreira, outro representante dos “leões”, que chegou a ocupar o segundo lugar.

À meta, Rui Teixeira chegou com o tempo de 30m14s, menos 17 segundos do que Rui Pedro Silva e menos 26 do que José Moreira — Hélder Santos, do Maia AC, perdeu sofreu uma queda e terminou em quarto. “A parte final foi bastante difícil”, admitiu o vencedor, para depois reconhecer: “É talvez a vitória mais importante da minha careira”.

Mas a 22.ª edição da São Silvestre do Porto também sorriu a Sara Moreira. A atleta de Santo Tirso precisou de 33m43s para se impor, seguida de Mónica Silva (Benfica, 34m59s) e de Doroteia Peixoto (Amigos da Montanha, 35m36s). Para além do triunfo, a atleta olímpica leva outra recordação da tarde deste domingo: “O que levo é o carinho que senti das pessoas”.

A corrida de 10km juntou 10.875 atletas, de 28 nacionalidades, à partida (as inscrições ultrapassaram as 12.000) e mais cerca de 7.000 participantes na caminhada, para além de milhares de espectadores nas ruas da cidade. “Tornou-se a maior prova de Portugal na vertente de 10km. No próximo ano queremos, no mínimo, 15.000 participantes a cortar a meta”, referiu Jorge Teixeira, da RunPorto, organizadora da corrida.