Líder dos trabalhistas britânicos em Lisboa a convite de Costa

Jeremy Corbyn vem a Portugal no início do ano em “apoio ao programa anti-austeridade” do Governo português.

Corbyn tem defendido a renacionalização de vários serviços públicos britânicos
Foto
Corbyn tem defendido a renacionalização de vários serviços públicos britânicos REUTERS/Stefan Wermuth

António Costa terá um apoio de peso em breve: o primeiro-ministro português convidou o líder dos trabalhistas britânicos para vir a Portugal participar em conferências em que Jeremy Corbyn vai apoiar a estratégia anti-austeridade do novo Governo português.

Quem o confirmou foi Corbyn ao jornal britânico Morning Star, que fala mesmo numa “tournée de conferências” em Portugal que, além do líder da oposição do Reino Unido, contará também com a participação do seu ministro das Finanças sombra, John McDonnell.

“Vamos fazê-lo como apoio ao programa anti-austeridade [do Governo português]. Estamos a criar uma coligação anti-austeridade por toda a Europa”, disse Jeremy Corbyn ao Morning Star.

“O Governo grego passou por um período terrível e o Banco Central Europeu tratou-o de forma vergonhosa. O caso mais interessante na Europa é agora o do Governo português e o seu programa anti-austeridade”, comentou ainda o líder trabalhista.

Corbyn tem defendido a renacionalização de serviços públicos e da gestão de infra-estruturas rodoviárias como as auto-estradas, o fim das propinas nas universidades e o combate feroz à fraude e evasão fiscais para aliviar a austeridade.

Jeremy Corbyn, que assumiu a liderança do Partido Trabalhista em Setembro passado, e António Costa aproximaram-se no encontro dos socialistas europeus na passada semana em Bruxelas, altura em que o primeiro-ministro português terá convidado o deputado inglês para vir a Portugal.

O PÚBLICO tentou saber junto do gabinete de António Costa que iniciativas estão a ser preparadas com Jeremy Corbyn, mas não obteve resposta.