PS vai exigir inquérito parlamentar

A ideia de uma comissão parlamentar é também avançada pelo líder parlamentar do Bloco de Esquerda.

Carlos César, presidente do PS e líder da bancada parlamentar socialista, diz confiar no "bom senso" de Cavaco Silva nos próximos meses.
Foto
Carlos César anunciou o compromisso de aprovar várias propostas da esquerda Nuno Ferreira Santos

O líder parlamentar do PS, Carlos César, anunciou na madrugada desta segunda-feira que o partido vai exigir um inquérito parlamentar em torno do Banif, entidade, diz o socialista, "negligenciada" pelo executivo PSD/CDS-PP e cuja venda foi anunciada no domingo pelo primeiro-ministro.

"O grupo parlamentar do PS na Assembleia da República tem consciência de que, aqui chegados, não há outra solução do que a anunciada pelo primeiro-ministro. Mas o que aconteceu não pode ficar por aqui: vamos exigir um inquérito parlamentar a todo este processo", vinca Carlos César em texto publicado na sua página na rede social Facebook.

A ideia de uma comissão parlamentar é também avançada pelo líder parlamentar do Bloco de Esquerda (BE), Pedro Filipe Soares, mas na sua conta no Twitter: "Obviamente, este vergonhoso processo do Banif não pode passar sem uma comissão parlamentar de inquérito", escreve o bloquista.

António Costa admitiu no domingo que a venda do Banif ao Santander, por 150 milhões de euros, tem um "custo muito elevado", mas é a solução que "melhor defende o interesse nacional".

"Esta venda tem um custo muito elevado para os contribuintes, mas é, no actual contexto, a melhor solução que defende o interesse nacional", afirmou António Costa numa declaração ao país, no Palácio de São Bento, em Lisboa.