CDS-PP marca debate sobre políticas educativas

Mais de 100 mil alunos fizeram este ano ano lectivo exames de Português e Matemática do 4.º ano
Foto
“Se para os adultos que trabalham férias é não trabalhar, porque seria diferente para as crianças?”, questiona investigadora Nelson Garrido

O CDS-PP marcou um debate de actualidade para esta quinta-feira sobre os rankings das escolas e políticas educativas, apurou o PÚBLICO. A marcação foi feita na conferência de líderes que está a decorrer no Parlamento. 

Trata-se do primeiro debate de actualidade agendado pelo CDS nesta legislatura, como bancada da oposição, e incide sobre a questão dos rankings e do fim dos exames do 4º ano do 1.º ciclo. As bancadas da esquerda aprovaram a eliminação dos exames de Português e de Matemática no 4º ano, que contava 30% para a avaliação do aluno, quando o Governo socialista ainda estava a assumir funções.

Entretanto, o Ministério da Educação estará a preparar o regresso das provas de aferição para o mesmo ano, de Português e de Matemática, que não contam para a avaliação dos alunos, mas servem de avaliação externa ao trabalho que é feito nas escolas.