Foto

Esta máquina de lavar roupa portátil não usa electricidade

Chama-se Drumi e é uma mini-máquina de lavar roupa amiga do ambiente. Pode ser adquirido na campanha de "crowdfunding" por 208 euros

Não precisa de electricidade, apenas de alguns minutos a "dar ao pé", e utiliza baixas quantidades de água, o que a torna amiga do ambiente. A Drumi já está disponível para pré-venda através de uma campanha de "crowdfunding" e espera começar a fazer entregas em Outubro de 2016.

A ideia não será apreciado por todos. Além da carga suportada ser baixa — dará para um par de calças e seis camisas, estimam —, a Drumi exige algum esforço: é que o dispositivo, livre de electricidade, trabalha à medida que a pessoa mexe um pedal, numa espécie de exercício de step (espreita o vídeo). Quem costuma carregar a máquina até ao limite, clicar no botão e entregar o trabalho à tecnologia, definitivamente vai estranhar. Mas se o espírito for outro, pode funcionar.

A máquina pode ainda ser encarada como um complemento à máquina de lavar lá de casa, quando utilizada apenas para peças mais delicadas ou em baixo número — uma solução para aquelas fases em que ainda não há peças suficientes para encher uma máquina mas dava mesmo jeito ter determinada roupa lavada. Como companhia de viagens ou para apartamentos de poucos metros quadrados, dado o seu pequeno tamanho, pode ser também muito vantajosa. E, por cada carga, a pequena máquina precisa de cinco minutos de funcionamento para deixar a roupa lavada.

"A Drumi cria uma solução sustentável de baixo impacto ambiental, economizando tempo, energia e dinheiro. Não só é mais higiénica do que lavandarias públicas, como faz poupar tempo", argumentam os criadores.

O preço do dispositivo, em pré-venda, é de 229 dólares (cerca de 208 euros). A menos de duas semanas de terminar o prazo da campanha de "crowdfunding" do produto, os criadores já conseguiram quase 90% do financimento de 100 mil dólares (aproximadamente 91 mil euros) pretendido.