Berlim abre com os irmãos Coen e traz o novo Michael Moore

Festival alemão decorre de 11 a 21 de Fevereiro. Meryl Streep preside ao júri. Denis Côté, Jeff Nichols e Alex Gibney primeiros nomes a concurso

Fotogaleria
A gala de abertura far-se-á, fora de concurso, com Salve, César!, comédia sobre os dias áureos do studio-system hollywoodiano
Fotogaleria
Where to Invade Next, de Michael Moore, sobre o modo como os europeus têm lidado com as crises (económicas e sociais) enfrentadas pelos EUA nos últimos anos

Michael Moore, Denis Côté, Jeff Nichols, Alex Gibney – são os primeiros nomes anunciados para o programa oficial do festival de Berlim 2016, que terá abertura oficial a 11 de Fevereiro próximo com o último filme dos irmãos Coen, Salve, César!

Obviamente, a atenção maior vai para o mais recente documentário do polemista americano Michael Moore, Where to Invade Next, sobre o modo como os europeus têm lidado com as crises (económicas e sociais) enfrentadas pelos EUA nos últimos anos. O filme, estreado no festival de Toronto e com cenas rodadas em Portugal, terá a sua estreia europeia fora de concurso na secção paralela Berlinale Special.

É também da América que vêm dois títulos fortes para a competição oficial. Midnight Special é o “passo seguinte” do ruralista Jeff Nichols (Procurem Abrigo, Fuga), com o seu cúmplice de sempre Michael Shannon, Joel Edgerton, Kirsten Dunst e Sam Shepard numa história que envolve poderes sobrenaturais. Por seu lado, Zero Days é o novo documentário do prolífero Alex Gibney (A Mentira de Armstrong, Taxi to the Dark Side), ao que parece debruçando-se desta vez sobre a internet e a ciber-segurança. 

A seu lado estarão a nova ficção de longa-metragem do canadiano Denis Côté, Boris sans Béatrice, sobre a depressão de um milionário, com James Hyndman, Dounia Sichov e Denis Lavant nos papéis principais; Alone In Berlin, adaptação do livro de Hans Fallada sobre um casal anti-nazi considerado por Primo Levi “o melhor livro jamais escrito sobre a resistência alemã ao nazismo”, dirigida pelo actor francês Vincent Pérez com Brendan Gleeson e Emma Thompson nos papéis principais; e Genius, de Michael Grandage, sobre a vida de Maxwell Perkins, o editor literário de Hemingway e Fitzgerald – Colin Firth interpreta Perkins num elenco que também inclui Jude Law, Nicole Kidman e Laura Linney.

O festival, que terá lugar de 11 a 21 de Fevereiro com Meryl Streep como presidente do júri, homenageará o director de fotografia Michael Ballhaus (que trabalhou com Fassbinder e Scorsese), apresentará uma retrospectiva sobre o cinema alemão no ano de 1966 (o ano do manifesto do Novo Cinema Alemão) e o novo restauro digital do clássico mudo de Fritz Lang A Morte Cansada. A gala de abertura far-se-á, fora de concurso, com Salve, César!, comédia sobre os dias áureos do studio-system hollywoodiano escrita e dirigida pelos irmãos Joel e Ethan Coen, com um elenco que inclui George Clooney, Ralph Fiennes, Josh Brolin, Scarlett Johansson, Jonah Hill, Channing Tatum, Tilda Swinton e Frances McDormand.