Morreu Fernando Ka, presidente da Associação Guineense de Solidariedade Social

Fernando Ka morreu de paragem respiratória, num hospital de Lisboa, aos 62 anos. Tinha sido deputado do PS entre 1991 e 1995.

Fernando Ka, Presidente da Direcção da Associação Guineense de Solidariedade Social – Aguinenso, morreu na noite de quarta para quinta-feira, vítima de paragem respiratória, informou oficialmente a Aguinenso. Ultimamente muito debilitado, tinha sido internado na véspera, devido a uma indisposição, num hospital de Lisboa, onde veio a falecer.

Nascido na Guiné, no dia 10 de Setembro de 1953, Fernando Gomes Ka foi deputado do Partido Socialista na VI Legislatura, entre 4 de Novembro de 1991 e 26 de Outubro de 1995.

A sua última intervenção pública, um texto intitulado “Até que enfim!...” (publicado no PÚBLICO de 28 de Novembro passado), foi para celebrar a nomeação de Francisca Van Dunen como ministra da Justiça do actual governo: “Há que louvar a coragem de António Costa ao romper com a tradição segregadora, permitindo que um membro da comunidade negra fizesse parte do elenco governativo”, escreveu.

O velório, seguido de funeral, irá decorrer na Igreja Nossa Senhora de Fátima, em Lisboa, durante este fim-de-semana. Horas e outros pormenores serão divulgados brevemente, disse ao PÚBLICO um porta-voz da Aguinenso.