Morreu Nuno Gonçalves, o teclista dos Expensive Soul

Músico, conhecido como "Mr. D", tinha 41 anos.

O funeral do músico realiza-se nesta terça-feira
Foto
O funeral do músico realiza-se nesta terça-feira DR

Era conhecido no meio musical como "Mr. D". Nuno Gonçalves, teclista dos Expensive Soul, morreu nesta segunda-feira, anunciou a banda na sua página de Facebook. Tinha 41 anos e as causas da morte não são conhecidas.

“Amigo, companheiro de uma vida, dos palcos, das viagens, dos convívios, das loucuras, das farras, dos bons e maus momentos, que tanto nos fizeste rir com teu humor refinado, dedicado ao amor que tínhamos em comum”, lê-se na declaração da banda, liderada pela dupla New Max (Tiago Novo, cantor) e Demo (António Conde, MC). “O Nuno aka Mr. D foi um excelente teclista e músico em todos os aspectos da palavra. Estava sempre pronto e disponível para os Expensive Soul, desde o primeiro dia, dentro e fora dos palcos”, escreve ainda a banda, natural de Leça da Palmeira.

Foi em 2004 que os Expensive Soul lançaram o seu primeiro álbum, B.I. O single Eu Não Sei tornou-se um sucesso, depois de o tema ter sido escolhido para a banda sonora da série televisiva juvenil Morangos com Açúcar. Desde então, a banda nunca mais desapareceu, sendo uma presença habitual nos festivais portugueses. Soma já quatro discos de originais e em 2012 editou o DVD Expensive Soul Symphonic Experience – o concerto que deu em Guimarães com Orquestra Estúdio, dirigida pelo maestro Rui Massena.

As causas da morte de Nuno Gonçalves não são conhecidas, mas, no Facebook, a banda lamenta a inesperada notícia. “Deixaste-nos tão cedo sem sequer te podermos dizer um adeus e o quanto gostamos de ti. Estamos todos em choque. Mas a vida é isto, tão justa quanto injusta, tão lenta quanto rápida, tão boa quanto má.”

O funeral do músico é nesta terça-feira às 10h na igreja de Vermoim, na Maia.