Ordem dos Arquitectos procura projectos para recuperar casas degradadas nas ilhas Selvagens

O concurso “Duas casas nas ilhas selvagens” premiará os três primeiros classificados com prémios na ordem dos cinco mil euros, 1500 euros e 1000 euros respectivamente

Foto
João Carmo Simões

A Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitectos (OASRS) lançou o concurso “Duas casas nas ilhas Selvagens”, na Madeira. O concurso é desenvolvido em parceria com a Delegação da Madeira e com o Parque Natural da Madeira e a Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais, e é o primeiro de quatro concursos temáticos que a organização irá lançar até 2016.

O concurso tem como objectivo a concepção de um projecto para as duas casas nas ilhas selvagens da Madeira (Selvagem Grande e Selvagem Pequena). Os participantes devem realizar os seus projectos de forma a participar na reabilitação dos edifícios existentes que servem de habitação aos vigilantes das ilhas durante os seus períodos de estadia e a eventuais visitantes.

Esta iniciativa premiará aos três primeiros classificados com prémios na ordem dos cinco mil euros, 1500 euros e 1000 euros respectivamente.

Foto
João Carmo Simões

Os candidatos podem efectuar pedidos de esclarecimento até ao dia 7 de Dezembro de 2015, onde receberão toda a orientação necessária para depois enviarem a sua proposta até ao dia 1 de Fevereiro de 2016.

Foto
João Carmo Simões

O comunicado refere que este concurso faz parte de um leque de quatro concursos no âmbito do programa “escolha-Arquitectura” promovido pela OASRS- A Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitectos que se destina a “incentivar a compreensão, o acesso e a importância da arquitectura como grande qualidade dos espaços que habitamos, integrando uma programação variada que pretende colocar os concursos de arquitectura no centro do debate sobre a cidade”.

Foto
João Carmo Simões

Para o próximo ano fica a promessa da OARS em lançar uma plataforma electrónica que funciona como elo de ligação entre arquitectos e promotores, plataforma que permite simular os custos de obra, aproximando arquitectos e clientes.

Toda a informação relativa aos quatro concursos pode ser vista aqui.