Serviço foi criado por dois irmãos canadianos Simon Wijers/Unsplash
Foto
Serviço foi criado por dois irmãos canadianos Simon Wijers/Unsplash

Queres acabar a tua relação? Esta empresa pode fazê-lo por ti

Se há empresas como o Tinder, para começar relações, porque não haver serviços para quem quer terminar? A partir de 10 dólares, o "trabalho sujo" fica com a The Breakup Shop

Uma mensagem escrita, um e-mail, uma carta mais ou menos personalizada ou um telefonema. Basta escolher, pagar e já está: relação terminada. A proposta da The Breakup Shop tem tanto de simples como de bizarro: não sejas tu a terminar a tua relação, eles fazem-no por ti. O amor — ou melhor, o fim dele — tem, neste caso, um preço: a partir de 10 dólares (cerca de 9,40 euros) esta empresa faz o "trabalho sujo" por ti.

O serviço criado por Mackenzie e Evan, dois irmãos canadianos, parte do princípio de que "todos merecem ser solteiros" e eles acreditam no sucesso: se as pessoas usam serviços como o Tinder para começar relacionamentos, porque não hão-de utilizar serviços para sair deles? Mas não será esta uma forma incorrecta de o fazer? "Eu acho que é uma coisa boa", disse Evan ao Mashable: "Hoje em dia, muitas pessoas acham que enviar uma mensagem ou fazer uma chamada [quando uma relação acaba] não é necessário... mas é bom ter essa noção de fim."

Um jornalista do Motherboard decidiu contactar a The Breakup Shop como cliente. Experimentar para crer. Pediu-lhes que terminassem com Angela, a namorada — um fim fictício, atenção, ela estava avisada de tudo — e escolheu a opção de telefonema. "Enviar um e-mail ou uma mensagem de texto é fácil. Mas o que fazer quando a outra pessoa responde ao telefone?", justifica Emanuel Maiberg.

Depois de eleger o meio que o The Breakup Shop deve utilizar, a pessoa que encomenda o serviço deve ainda responder a algumas perguntas, entre as quais a justificação (ou justificações) para o fim do relacionamento. Emanuel falou da "obsessão" de Angela por joalharia e maquilhagem e disse sentir-se injustiçado por ter de ser sempre ele a tratar das questões da casa. Com um telefonema de pouco mais de dois minutos — que pode ser ouvido no site do Motherboard —, um trabalhador da empresa canadiana termina a relação. Mas não sem antes oferecer a namorada os serviços extra da The Breakup Shop. O jornalista não gostou do serviço. 

Além de terminar namoros ou casamentos por preços que variam entre os 10 e os 30 dólares (9,4 e 28 euros, aproximadamente), a empresa disponibiliza bens como uma subscrição do Netflix, um notebook ou copos de vinhos. Supostamente, para as pessoas que terminam a relação poderem oferecer ao/à ex — mas a julgar pela chamada gravada também para vender a quem acaba de sofrer um desgosto amoroso.

Se será um negócio com futuro ninguém sabe, mas que os irmãos Mackenzie e Evan já procuram novos "heartbreakers" para se juntarem à equipa isso é verdade. Os trabalhadores, dizem os canadianos, vão "mudar a vida das pessoas".

Sugerir correcção